Hoje temos por objetivo explorar um pouco sobre o preço de Decorador de Interiores. Este tema nos veio à mente para atender pessoas interessadas em compreender a média de preços praticada no mercado de decoradores de interiores.

A maior parte das pessoas não possuem parâmetros para saber se o serviço a ser prestado é caro, barato ou está na média do mercado, e isto gera uma grande insegurança na contratação.

E para esclarecer este tema tão pouco explorado, iremos apresentar parâmetros objetivos para que você compreenda a média de preços na prestação dos serviços de um decorador de interiores antes mesmo da sua contratação.

Ao contrário do que você possa imaginar, contratar um serviço de decorador de interiores é totalmente acessível, gerando economia de tempo e dinheiro. Para entendermos melhor, vamos nos aprofundar neste assunto, explorando informações importantes que você deverá saber antes de tomar qualquer decisão de contratação.

decorador-de-interiores

Qual é a diferença entre um decorador de interiores vs designer de interiores?

Antes de contratar um profissional, é extremamente importante entender a diferença entre um decorador de interiores e um designer de interiores.

Embora ambos possam realizar legalmente algumas tarefas iguais, no geral, eles são muito diferentes:

1) Designer de Interior:

  • Escolaridade: Designer de Interior é uma profissão que exige específica escolaridade e formação formal. O trabalho geralmente inclui o estudo de cor e tecido, treinamento de design assistido por computador (CAD), desenho, planejamento de espaço, design de móveis, arquitetura e muito mais.
  • O que eles fazem: Designers projetam e remodelam interiores, podendo ir desde a elaboração das plantas iniciais até a colocação do último item decorativo. Ele é responsável não apenas por melhorar o olhar, mas melhoram a própria função de um ambiente.

2) Decorador de Interior: 

  • Escolaridade: Decoradores não precisam ter treinamento formal ou formação técnica ou superior pois eles se concentram principalmente na estética. Os decoradores geralmente não participam de reformas ou planejamento estrutural.
  • O que eles fazem: Decoradores ajudam os clientes a decidir sobre um estilo de decoração, na escolha de cores de paredes e móveis, tecidos, na compra de moveis e acessórios de decoração, tapetes, cortinas, etc. Ou seja, um decorador geralmente é contratado para enfeitar um espaço existente que precisa ser atualizado ou refeito. Eles podem ser mais acessíveis do que um designer de interiores.

No momento da sua decisão de contratação, antes de pensar em preço, você precisa levar em consideração qual é o seu objetivo de compra, ou seja, qual serviço você precisa. Se você estiver procurando um projeto mais aprofundado, incluindo iluminação, layout, revestimentos, sonorização e muito mais, você deverá contratar um designer. Mas se seu objetivo for apenas dar um “up” na decoração, mudando estilo, incluindo e retirando detalhes, a contratação de um decorador irá lhe atender perfeitamente, com um preço mais acessível.

Mas independente da sua escolha, ambos são capazes de:

  • Discutir as últimas tendências ;
  • Conversar sobre cores, tecidos e texturas ;
  • Adicionar toques especiais em todo o ambiente;
  • Incorporar um determinado estilo ou personalidade no espaço;

Qual o custo entre um decorador autônomo e uma empresa de decoração? 

Assim como em muitas outras áreas, o serviço de decoração de interior é realizado tanto por profissionais autônomos quanto por empresas. Portanto, geralmente há diferença de preço, levando em consideração gastos com impostos e estrutura.

Contratar uma empresa de decoração de interiores é, na grande maioria das vezes, sinônimo de garantia do produto que você está adquirindo, que é basicamente receber o produto adquirido, dentro do prazo contratado. Contudo, também sabemos que a grande maioria dos decoradores autônomos prezam pela garantia e correta execução do serviço contratado, porém, muitos não possuem contrato de prestação de serviço ou nota fiscal.

Eu mencionei “na grande maioria” tanto para empresa quanto para decorador autônomo pois sabemos que existem no mercado empresas ou pessoas que não são idôneas, portanto, para você não cair em uma cilada e para que possa ter suas garantias sobre o produto adquirido, nunca esqueça de:

  • Antes de contratar o serviço, faça uma pesquisa no “Reclame Aqui” para ver a reputação da empresa ou do profissional que você está contratando;
  • Exija o Contrato de prestação de serviço (certifique-se que nele constam com todas as especificações do projeto, tempo de execução, valores entre outros dados importantes);
  • Exija a Nota Fiscal;
  • Se possível, visite a empresa;

decoracao-de-interiores

Por quais razões devo contratar um decorador? 

Existem várias razões para você querer contratar um decorador, como por exemplo:

  • Se você acabou de adquirir um imóvel e não sabe por onde começar suas compras, um decorador poderá lhe ajudar a pensar em todos os objetos que serão dispostos no ambiente, desde móveis até quadros, cortinas, tapetes e objetos decorativos;
  • Se você já tem um imóvel mobiliado e quer transformar, dando uma cara totalmente nova. O decorador irá fazer uma proposta de mudança, podendo ou não utilizar algumas peças ou móveis que você já possui no imóvel (isto vai da sua decisão);
  • Se você quer vender e precisa dar um “up” no seu imóvel, este investimento certamente valerá muito a pena pois seu imóvel será valorizado, lhe dando, em média, o retorno do valor investido no projeto + de a valorização de 10 à 15% no valor de venda do imóvel.
  • Se você já tem uma casa bem montada e decorada e precisa apenas fazer pequenos ajustes ou dar aquele toque final, um decorador de interiores pode fazer recomendações sobre pequenas mudanças no seu ambiente, que dará um ar diferente ao espaço, dando aquela sensação de toque final ou da cerejinha do bolo que estava faltando. Isso pode incluir apenas mudança de cor de uma parede ou de várias, disposição dos móveis, inclusão ou exclusão de objetos decorativos, mudança de portas de móveis planejados ou até mesmo a mudança de algum móvel por completo, entre outras alterações.

Qual o preço que pagarei para contratar um decorador?

Após entender melhor qual é o serviço prestado por um decorador de interior (que é diferente ao de um designer de interior), vamos entrar no detalhe de preço e forma de cobrança.

Contratar um decorador de interiores pode ser um investimento considerável, porém, muitos proprietários sentem que esta despesa antecipada vale a pena, a fim de viver em um ambiente bonito e decorado com bom gosto. Porém, saber exatamente quanto custa para desfrutar do serviço de design de interiores varia de acordo com a qualidade do designer, metragens quadradas do ambiente, o serviço que você está contratando do profissional.

Uma boa estimativa de preço é:

1) Por m²:

O serviço por m² ou por ambiente consiste num valor fechado, onde você paga um preço acordado e tem um prazo definido para entrega do projeto. Esta opção não lhe trará “surpresas” de custos adicionais.

  • Para decorador de interiores autônomo, e/ou empresas físicas de decoração de interiores, que ainda são iniciantes no mercado: A partir de R$ 40,00 o m².
  • Para empresas físicas já conceituadas no mercado, com estrutura empresarial e equipe de profissionais qualificados: A partir de R$ 60,00 o m².

2) Por hora:

O serviço por hora consiste basicamente em acompanhamento do decorador nas lojas e nos locais que você necessitará visitar para compras dos produtos a serem colocados na sua casa ou empresa e também na execução da decoração do seu ambiente. Esta opção permite que o proprietário encerre o acordo de trabalho com o decorador no momento que quiser, dependendo do seu orçamento ou da sua satisfação total com o projeto.

  • O preço médio fica em torno de R$ 150,00 à R$ 200,00 por hora + custos de deslocamento + custos de estadia (em caso de viagem).

3) Consultoria:

A consultoria consiste basicamente em visitar o local, fazer desenho da planta, fazer o projeto utilizando objetos novos ou que o cliente já possui; recomendação de revestimentos, papel de parede, tinta entre outros, recomendação de mão de obra, empresas de objetos de decoração e móveis de acordo com o orçamento disponível pelo cliente para executar este projeto e acompanhamento do decorador nas lojas e nos locais que você necessitará visitar para compras dos produtos a serem colocados na sua casa ou empresa

  • O preço médio fica em torno de R$ 1.500,00 por ambiente + custos de deslocamento + custos de estadia (em caso de viagem).

Ressalto que tanto na contratação por hora ou na consultoria, cada contrato é único e deverá ser executado a partir do acordo do cliente com o decorador. Ou seja, os serviços que mencionei acima são os que geralmente são oferecidos, porém não necessariamente sua contratação pode ser igual.

Como transformar o seu sonho em realidade? 

Já pensou transformar a sua casa ou o seu escritório em ambientes deslumbrantes? O seu sonho pode ser realizado com a D3Decor, clicando aqui.

Ainda ficou com dúvidas? Deixe o seu comentário abaixo!

Um abraço de toda a equipe e até o próximo artigo!